Tratamento para engravidar com ovário policístico

A síndrome dos ovários policísticos é uma doença complexa que afeta o sistema endócrino e metabólico da paciente. Ela é muito comum afetando uma em cada 20 mulheres na população geral e uma em cada cinco mulheres na população infértil. Caracteriza-se normalmente pelo excesso de pelos, acne, menstruação irregular, obesidade e dificuldade para engravidar.

Dificuldade para engravidar

Essa dificuldade para engravidar vem da falta de ovulação espontâneas. O tratamento deve envolver uma abordagem global da paciente idealmente por uma equipe multiprofissional com médicos de diferentes especialidades no que tange à reprodução humana.

Uma vez feito o diagnóstico da síndrome dos ovários policísticos, existem sete medidas que podem tornar a gestação mais provável para essas mulheres.

Dicas de como tornar a gravidez mais provável

  • hábitos de vida saudáveis;
  • dieta equilibrada;
  • exercícios físicos.

Essas coisas podem ajudar bastante, especialmente as mulheres que estão acima do peso. Para mulheres com índice de massa corpórea acima de 35 que não conseguem perder peso apenas com dietas e exercícios, a cirurgia bariátrica como, por exemplo, a redução do estômago pode resolver o problema. 

Tratamento dos ovários policísticos

Hoje com primeira linha no tratamento da síndrome dos ovários policísticos consegue induzir a ovulação e até 80% dos casos. Como alternativa temos o letrozol, um medicamento inicialmente utilizado para tratamento do câncer de mama, mas que depois se provou tão ou mais eficaz para a indução da ovulação. 

Como pode se ver, existem muitas opções de tratamento para as mulheres com síndrome dos ovários policísticos que querem engravidar, converse com seu médico e veja qual a melhor opção para o seu caso

 

Deixe um comentário